Empreendedores investem em meios digitais

Ambientes multiplataformas ganham espaço em novos negócios

Por Maria Isabel Felix

O segundo dia de palestras da XV Secomunica teve a participação dos doutores em Comunicação e Cultura Contemporânea pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Rodrigo Cunha  e Paulo Victor, e pelas fundadoras da agência SISTERS, as irmãs Andreia e Jaqueline Azevedo. Os quatro compuseram uma mesa de debates acerca do tema “Empreendedorismo em Comunicação” e contaram um pouco de sua experiência na área, além de falar sobre os ramos que estão em ascensão e que valem a pena investir.

Rodrigo Cunha, falou sobre os ambientes multiplataformas que ganharam espaço nos últimos tempos e sobre facilidade de inovação dentro deles. Para ele, a crise nos veículos tradicionais de comunicação instiga a criação de novos negócios na área, principalmente no meio virtual. A exigência de novas narrativas envolve mais profissionais e possibilita a inovação.

28032016-img_1248
Foto: Alan Rios

Paulo Victor também acredita na ascensão e discutiu sobre a notoriedade que o espaço está ganhando no digital. “Isso não é mais um empecilho a ser vencido, mas um ponto a se pôr em diálogo”, conta. Segundo ele muitas empresas já fazem uso das mídias locativas, ou seja, sensíveis à localização, como celulares e tablets, para empreender na área. É o caso do Uber, da Amazon, do Google e do Pokémon Go, que utilizam do serviço de localização para ampliar a experiência do usuário. Para finalizar, o palestrante evidenciou como as novas tecnologias da informação reavaliaram e valorizaram o  seus conceitos.

Para as criadoras da agência SISTERS, ser empreendedor é gerenciar riscos, “a meta é sempre dobrada porque a luta é diária. Empreender é isso”, afirma Andreia. As duas se juntaram e criaram a SISTERS Live Marketing, em 2008, e desde então a agência adotou um posicionamento inovador: trabalharam com freelancers que após passarem por um treinamento feito por elas mesmas se tornaram seus principais vendedores.

A agência já fez trabalhos para vários grupos como Ambev, BR Mania, Bancorbrás, Sebrae e TIM. No entanto as duas concordaram que o maior desafio foi organizar todo o desfile do 7 de setembro de 2012. “Foram 20 dias de muita correria, mas também foi quando mais aprendemos”, relembra Jaqueline. Atualmente o trabalho é divido entre as fundadoras da empresa. Andreia cuida da parte da comunicação interna, enquanto Jaqueline se encarrega do planejamento e da criação.

28032016-img_1231
Foto: Alan Rios

A aluna do segundo semestre de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, Cíntia Rocha, se interessou bastante pelo debate. Com vontade de atuar na área de marketing organizacional, a experiência compartilhada pelas fundadoras do SISTERS a motivou bastante. “A fala delas me inspirou. É muito bom saber que uma empresa de Brasília é responsável pelo desfile de 7 de setembro”, conta.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s